HINO À BANDEIRA

Letra: Olavo Bilac
Música: Francisco Braga 



Salve lindo pendão da esperança!
Salve símbolo augusto da paz!
Tua nobre presença à lembrança,
a grandeza da Pátria nos traz.

Recebe o afeto que se encerra
em nosso peito juvenil,
querido símbolo da terra,
da amada terra do Brasil!

Em teu seio formoso retratas
este céu de puríssimo azul,
a verdura sem par destas matas,
e o esplendor do Cruzeiro do Sul.

Recebe o afeto que se encerra
em nosso peito juvenil,
querido símbolo da terra,
da amada terra do Brasil! 

Contemplando o teu vulto sagrado,
compreendemos o nosso dever,
e o Brasil por seus filhos amado,
poderoso e feliz há de ser!

Recebe o afeto que se encerra
em nosso peito juvenil,
querido símbolo da terra,
da amada terra do Brasil!

Sobre a imensa Nação Brasileira,
nos momentos de festa ou de dor,
paira sempre sagrada bandeira,
pavilhão da justiça e do amor!

Recebe o afeto que se encerra
em nosso peito juvenil,
querido símbolo da terra,
da amada terra do Brasil!

 

Comemora-se o Dia da Bandeira em 19 de Novembro

 

 

 

voltar aos hinos